Post thumbnail

VCT Game Changers 2021: Relembre o campeonato!

POSTADO POR Natalia Poiato 03/07/2021

Está com saudades do VCT Game Changers, né, @?! Então, senta que lá vai o resumão sobre o que rolou!

VCT Game Changers: O campeonato

É nítido que esse VCT Game Changers foi uma montanha russa de emoções do início ao fim de cada jogo.

Durante os dias 10 a 20 de Junho, aconteceu o campeonato feminino de Valorant. O torneio reuniu as oito melhores equipes femininas que se enfrentaram em jogos MD3 e a final com MD5.

Times participantes do VCT

Confira a lista de times que passaram das etapas qualificatórias:

VCT Game Changers, campeonato feminino de Valorant

Reprodução: Twitter/@valesports_br

 

A disputa pela vitória do VCT!

Ocorreram jogos épicos, isso é óbvio! Confira abaixo um pouquinho de cada confronto que tivemos.

Primeira semana – VCT Game Changers

Gamelanders x Stars Horizon

A Gamelanders Purple enfrentou a Stars Horizon logo no primeiro jogo do campeonato e já conseguimos sentir que o cenário está cada vez melhor! A escolha dos mapas foi:

  • Icebox (escolha da GL);
  • Split (escolha de SH);
  • Breeze (GL Purple).

A GL Purple levou a melhor, com 2 a 0 em cima da Stars Horizon.

Vivo Keyd Athenas x Jaguares

Um jogo emocionante, bem acirrado, com muita bala e bons pixels. Um fator importante para definir o resultado foi o bom uso da economia durante a MD3.

A escolha dos mapas foi:

  • Bind (escolha da VK Athenas);
  • Haven (escolha da JGG);
  • Ascent (escolha da VK Athenas).

A Vivo Keyd Athenas ganhou a MD3, com  placar de 2 a 1 contra a Jaguares.

B4 Angels x Cruzeiro

Abrimos o segundo dia com o confronto entre B4 Angels e Cruzeiro, contou com muitas entradas cheias de balas, dashs das Jetts e flechas do Sova para todos os lados.

A MD3 teve os seguintes mapas:

  • Ascent (escolha do CRZ esports);
  • Icebox (escolha da B4 Angels);
  • Bind (escolha do CRZ e-sports).

A disputa teve um placar de 2 a 0 para a B4 Angels em cima do Cruzeiro.

Havan Liberty x Griffos e-sports

Nessa disputa o que teve de sobra foi tiro da torreta, smoke do Brimstone e muita erupção das brumas da Jett!

O confronto contou com escolha dos seguintes mapas:

  • Haven (escolha da Havan Liberty);
  • Icebox (escolha da Griffos);
  • Ascent (escolha da Havan Liberty).

A vitória ficou para a Havan Liberty, que fez um 2 a 0 em cima da Griffos.

Gamelanders Purple x Vivo Keyd Athenas

A seleção de mapas do primeiro jogo ficou:

  • Icebox (GL Purple);
  • Haven (VK Athenas);
  • Bind (GL Purple).

Esse jogo foi muita bala e muita mídia! O mapa Icebox, que poderia falar muito bem sobre esse jogão, na rampa do lado A teve muita bala trocada com posicionamentos rápidos dos pixels.

A GL Purple ganhou da VK Athenas, com um placar de 2 a 1 na MD3.

B4 Angels vs. Havan Liberty

O confronto teve as seguintes escolhas de mapa:

  • Ascent (escolha da HL);
  • Icebox (escolha da B4);
  • Haven (escolha da HL).

Neste jogão, o que não podemos deixar de mencionar é a Frenzy no pistol que cantou muito! A B4 Angels levou 2 a 0 na disputa e a Havan Liberty ainda continua no VCT Game Changers.

Lower Bracket VCT Game Changers

Stars Horizon x Jaguares e Cruzeiro

O primeiro jogo contou com os mapas:

  • Icebox (escolha da SH);
  • Ascent (escolha da JGG);
  • Split (escolha da SH).

Mesmo com a Stars Horizon levando 2 a 0 em cima da Jaguares, não foram jogos fáceis! Tivemos dois mapas extremamente acirrados, com o primeiro placar a 14×12 e o segundo a 13×10.

Cruzeiro x Griffos e-sports

O segundo jogo do chaveamento teve a seguinte escolha de mapas:

  • Icebox (escolha da Griffos);
  • Haven (escolha do Cruzeiro esports)
  • Bind (escolha da Griffos).

Os jogos contaram com muitos posicionamentos diferenciados e muita “costinha”. A Griffos fez uma virada absurda no segundo mapa e garantiu o segundo ponto para fechar em 2 a 0 e tirar o Cruzeiro da reta do lower bracket na trajetória do VCT Game Changers.

Segunda Semana – VCT Game Changers

Semifinal

GL Purple x B4 Angels

A disputa do chaveamento superior, foi um confronto lindíssimo entre  que contava com uma MD5, e a escolha dos mapas foram:

  • Split (escolha da B4 Angels);
  • Breeze (escolha da GL Purple);
  • Haven (escolha da B4);
  • Icebox (GL Purple);
  • Bind para caso houver decisão final.

A GL Purple levou os três primeiros mapas, garantiu a sua vaga para a final do VCT Game Changers e colocou a B4 Angels no chaveamento inferior para a semifinal.

Lower Bracket – VCT Game Changers

VK Athenas x Stars Horizon

O confronto contou com os seguintes mapas:

  • Bind (escolha da VK Athenas)
  • Ascent (escolha da Stars Horizon)
  • Haven (escolha da VK Athenas).

A disputa para chegar na semifinal da chave inferior foi delicada, complexa e cheia de altos e baixos, o que resultou para decidir o terceiro mapa e a Stars Horizon leva o terceiro mapa com o placar de 13×9, eliminando automaticamente a VK Athenas de seguir nessa etapa do VCT Game Changers.

Havan Liberty x Griffos

Já o confronto da Havan Liberty vs. Griffos teve as seguintes escolhas de mapas:

  • Ascent (escolha da Havan Liberty)
  • Icebox (escolha da Griffos)
  • Bind (escolha da Havan Liberty).

A Havan Liberty fez 2 a 0 em cima da Griffos. O que mais foi utilizado foram as skills da Jett e smoke do Omen. A Sage também teve um papel fundamental nos dois mapas, tanto para Griffos quanto para a Havan, o que favoreceu de forma exponencial a economia dos times com suas ultimates.

Stars Horizon x Havan Liberty

A disputa teve q escolha dos seguintes mapas:

  • Icebox (escolha da SH);
  • Ascent (escolha da HL);
  • Haven (escolha da SH).

A Stars Horizon vence a Havan Liberty com 2 a 1 e elimina a HL de seguir na trajetória.

Foi um jogo com time espelhado no primeiro mapa, jogadas agressivas e impactantes com a preciosíssima Phantom e, em diversos momentos, com placares extremamente aproximados.

B4 Angels x Stars Horizon

Logo após esse jogão, a Stars já tinha um adversário preparado e com força de vontade para conquistar sua vaga na final: B4 Angels, até então eliminada da chave superior pela Gamelandes.

A disputa se deu nos seguintes mapas:

  • Ascent (escolha da SH)
  • Breeze (escolha B4 Angels)
  • Haven (escolha da SH).

A B4 Angels levou a MD3 com 2 a 0 em cima da SH e avançou para a final do VCT Game Changers. Foram dois mapas intensos com um boas jogadas encaixadas, algumas não muito, mas mira com certeza não faltou!

Final VCT Game Changers

Na final B4 Angels e GL Purple se encontram novamente!

O que mais foi visto foi Spectre, Phantom, muita Vandal, Bulldog e a aclamada Operator para tiros de longa distância e claro… o que não faltou foi HS!

Teve “tequinho”, teve spray, teve patinete, teve emoções à flor da pele e quase que tivemos que solicitar um cardiologista para as meninas aqui do YGG que acompanham o cenário do Valorant!

Cada jogadora brilhou da sua forma com o joga y joga! A escolha de mapas foram:

  • Bind (escolha da B4);
  • Haven (escolha da GL Purple);
  • Split (escolha da B4);
  • Breeze (escolha da GL Purple);
  • Icebox para a decisão!

Foram cinco mapas incríveis e de tirar o fôlego! A decisão chegou na Icebox, foi uma disputa apertadíssima, mas, não teve jeito para a B4, a Gamelanders Purple, que vem fazendo um ano incrível, foi o time vencedor do VCT Game Changers!

Quem foi e estava lá sentiu a adrenalina dos cinco mapas! Foi sensacional e incrível!

Já estamos ansiosas por aqui para o próximo.

Ahhhh! As qualifiers já estão aí, está acompanhando? Simbora que o VCT Game Changers foi só um gostinho do que 2021 promete para o cenário. GG!

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *