Post thumbnail

Pride Cup: um campeonato organizado pelo orgulho

POSTADO POR Xiofanna 06/07/2020

Com comemoração no dia 28, o mês de junho é considerado o mês da diversidade LGBTQIA+, e por isso é necessário promovermos a discussão, inclusão, respeito e equidade da diferença de gênero, orientação sexual e diversidade racial. Pensando nisso, a Gamer Club promoveu durante todo o mês de junho diversas palestras destacando a importância da diversidade.

E, também, a Gamers Club tem trabalhado há mais de um ano a diversidade juntamente com o seu comitê, buscando novos colaboradores e um ambiente de trabalho saudável e respeitoso, e assim surgiu a Pride Cup.

A Pride Cup será um campeonato showmatch organizado com a parceria da Olga, primeira jogadora profissional transsexual, que hoje faz parte do time feminino de CS:GO da organização Black Dragons. O campeonato destinado a comunidade LGBTQIA+ tem como objetivo arrecadar doações para a ONG de acolhimento CASA 1.

O campeonato terá a presença de trinta e cinco jogadores pertencentes da comunidade LGBTQIA+, sendo os mesmos divididos em sete times que jogarão uma fase de grupos, e os dois melhores times de cada grupo se classificam para a semifinal. Após isso, os dois melhores da semifinal irão para a Grande Final. Ambas etapas serão decididas em três melhores mapas.

A semifinal e final ocorrerão no dia 12 de julho, com transmissão nos canais oficiais da Gamers Club Counter-Strike e terão arrecadação de doações para a CASA 1.

Sobre a iniciativa da Gamer Club, Affonso Malta, membro do Comitê de Diversidade da Gamers Club e da comunidade LGBTQIA+, declarou: “O projeto Pride Cup tem como propósito dar voz e visibilidade para a Diversidade e, também aos profissionais que fazem parte dela. Criado com muito carinho, o campeonato torna-se o primeiro evento LGBTQIA+ da Gamers Club e é um passo muito importante para que nossa comunidade sinta-se abraçada.”

Além disso, Rafaela Arnoldi, que também faz parte do Comitê de Diversidade da Gamers Club, comentou: “O Pride Cup tem como intuito dar visibilidade a uma minoria que não tem o destaque necessário dentro da comunidade de esports, mostrar que essas pessoas têm habilidade, tem voz, são talentosas e juntas somam para fortalecer sua própria comunidade. Foi emocionante trabalhar este projeto junto a comunidade LGBTQIA+, entender um pouco mais de suas necessidades e como nós da Gamers Club podemos ajudar nessa causa”

O que é a CASA 1?

Fundada em 2017, a CASA 1 é um projeto de sociedade civil que tem como objetivo o acolhimento de jovens LGBTQIA+ entre 18 e 25 anos que foram expulsos de casa pela sua família devido a sua orientação sexual ou gênero. O projeto ocorre em paralelo às atividades do Centro Cultural e da Clínica Social, sendo que todos os serviços são oferecidos gratuitamente.

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *