Post thumbnail

No dia 6 rolou o Open Qualifier  para o Main Event da GC Masters Feminina II, disputada entre 21 times, onde as grandes equipes vencedoras foram Black Hawks Fem e AKV Team. Com o formato 1×1 de simples eliminação, a Black Hawks garantiu o primeiro lugar da qualificatória na Mirage contra SWS Gaming com placar de 16×6, enquanto AKV Team garantiu o segundo lugar da disputa contra Hellish Girls, a 16×5 na Vertigo.

Com as duas vagas garantidas, as equipes qualificadas seguiram para o Closed Qualifier, que já estava definido com Black Dragons, Soberano Team Fem, 9z Team e Rebirth, classificadas anteriormente.

Então, nos dias 11 e 12, a etapa qualificatória fechada aconteceu no formato de dupla eliminação, com chaves winner e lower.

No primeiro round, seguiram Black Dragons, Rebirth, Soberano Fem e 9z Team, em mapas bem acirrados. Em seguida, no round 2, Rebirth levou a melhor contra a Black Dragons na Nuke e seguiu para a final Winner. Após garantir o mapa contra a Soberano, a 9z Team também seguiu para a final Winner, e ao enfrentar a Rebirth, foi a primeira equipe classificada para a GC Masters Feminina II por 16×11, na Inferno.

Com a chave lower definida, Black Hawks enfrentou a Soberano Fem em uma md3 que não precisou de decider. No primeiro mapa, Train, as soberanas dispararam e fizeram 16 pontos a 1. Já no segundo mapa, por 16 a 8, a Black Hawks tentou, apresentou um desempenho melhor que na Train, mas ainda sim, Soberano garantiu o 2-0 na Inferno, pick das adversárias.

Enquanto isso, a segunda equipe a definir a semifinal lower disputava sua md3 na Dust2.  Por 16×12, a Black Dragons garantiu seu primeiro ponto contra a AKV Team, com direito a destaque para a Olga. No segundo mapa, Overpass, a BD também levou a melhor em um placar de 16×5, fechando em 2-0.

Na semifinal lower, Black Dragons enfrentou Soberano Fem nos três mapas da md3, Dust2, Overpass e o decider: de_mirage. No primeiro mapa, por 22 a 18, ainda que bem acirrado, a BD avançou e garantiu a D2. Ainda que longe dos servidores como player, a Amanda “AMD” Abreu garantiu belas jogadas pra quem assistiu é só clicar aqui!

Em seguida, na Over, a chance da Soberano de seguir para a final lower veio e fechou a disputa em 1-1, com o placar de 16×13. Na Mirage, não teve como: o time da MVP yungher, a Black Dragons, garantiu sua vaga na final lower por 16×13. 

Finalmente, na final lower, conhecemos a segunda equipe classificada para o Main Event. A Rebirth conquistou o primeiro mapa da md3 contra a Black Dragons, Train, por pouca diferença: 16×14. Sem precisar de decider, a Rebirth garantiu o 2-0 na Overpass, por 16×13, e garantiu a segunda vaga para a Gamers Club Masters Feminina II, assim, se juntando à FURIA e a Severe.

GC MASTERS FEMININA II

Imagem: Twitter/GamersClub.

O time vem apresentando uma qualidade de jogo exemplar, sempre batendo de frente com os grandes nomes do cenário e encarando desafios mesmo com pouco tempo de line-up. E como a Gabriela “Tofer” Tofer comentou no último campeonato que disputaram, nosso Rainhas do Clutch, a equipe viria forte para o qualificatório e sua palavra se concretizou. Expectativas altas para dezembro!

 

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *