Post thumbnail

Copa Elite Six 2021 reforça a consolidação dos times brasileiros!

POSTADO POR Karolina Florindo 15/08/2021

NIP é a grande vencedora e garantiu sua vaga para o Six Major, junto a Team One, Furia Esports e Team Liquid.

Equipes latino-americanas disputaram o campeonato de Rainbow Six durante os dias 20 a 25 de junho. Estava em jogo, uma premiação de 35 mil dólares, além de quatro vagas para o Six Major, que acontecerá no dia 16 de agosto. 

Ao total houve dez participantes, os quais se classificaram por campeonatos regionais, tal como o Brasileirão de R6, Mexicano e Sulamericano. Os times foram sorteados e divididos em dois grupos, após a última partida do segundo turno do torneio brasileiro. 

Equipes participantes:

Copa Elite Six – GRUPO A:

  • Team Liquid;
  • Ninjas in Pyjamas;
  • Atheris Esports;
  • Malvinas Gaming;
  • Furia Esports.

Copa Elite Six – GRUPO B:

  • Faze Clan;
  • Team One;
  • Fenix Esports;
  • 9Z Team;
  • Black Dragons.

Os times brasileiros são: Liquid, Ninjas in Pyjamas, Furia, Faze Clan, Team One e Black Dragons. Já os argentinos são Malvinas Gaming e 9Z Team. Por fim, os mexicanos são Atheris Esports e Fenix Esports.

 

Destaques e impressões da Copa

1º dia (20/07)

A Libertadores de R6 começou ensandecida, visto que o primeiro confronto foi um remake da grande final do Six Invitational. Mais conhecido como “NIPID”, NIP versus Liquid já é um clássico que movimenta o cenário. Quem se deu melhor foram os ninjas, que ganharam de 7×4. 

No primeiro dia não podia faltar emoção e o famoso “overtime”. O jogo da Team One contra a 9Z foi eletrizante do começo ao fim, a equipe argentina buscou jogo. Contudo, os goldens boys que garantiram, ganhando de 8×6. 

Ainda, outro jogo que chamou a atenção foi da Fenix contra a Faze. Foi a primeira vitória sem ser brasileira no campeonato, os mexicanos ganharam de 7×4.

Outra equipe que também se destacou foi a Furia, que conseguiu 100% de aproveitamento, ganhando da Malvinas, por 7×0 e de 7×1 contra a Atheris.

2º dia (21/07)

Neste dia houve confronto entre brasileirinhos, a estreia da Black Dragons foi contra a Team One, que acabou ganhando de 7×3. Além disso, os golden boys ganharam da Fenix de 8×6.

Outro embate entre equipes brasileiras ocorreu e Furia e Liquid se enfrentaram. Pela primeira vez os furiosos venceram a cavalaria de 8×7. 

Aconteceu a primeira vitória da Faze contra a equipe argentina da 9Z, com o placar de 7×4. Os brasileiros conseguiram impor ritmo de jogo e venceram com tranquilidade.

Em contrapartida, os outros argentinos da Malvinas quebraram com as expectativas e garantiram o jogo, marcando 7×4 contra a Atheris. 

3º dia (22/07)

A quinta-feira foi repleta de conquistas! A NIP conseguiu quebrar com a invencibilidade da Furia, e os ninjas ganharam de 7×4.

Ainda garantiram a vitória contra a equipe mexicana, a Atheris. O que assegurou o primeiro lugar do grupo e garantiu um lugar na semifinal da Copa Elite Six. 

A Black Dragons conseguiu sua primeira vitória até o momento sobre a Faze Clan, o placar foi de 7×5.

A cavalaria também garantiu sua primeira conquista contra o time das Malvinas, 7×2, e foi o combustível que a Liquid precisava para encarar os próximos jogos.

Já a equipe da Fenix ganhou da 9Z por 7×5, apresentando ótimos resultados.  

4º dia (23/07)

Último dia da fase de grupos, ou seja, as equipes que não conseguiram mais vitórias e , consequentemente, mais pontos estavam fadadas a eliminação. Foi o que ocorreu com a Faze, que acabou sendo eliminada do campeonato derrotada pela Team One, que ganhou de 7×4 e se classificou para as semifinais.

A história se repetiu também com a Malvinas, que perdeu de 7×3 para a NIP e foi desclassificada. E com a Atheris, que na rodada passada já não tinha chances de se classificar, e confirmou sua eliminição com a derrota de 7×2 para a Liquid.

E, falando em TL, A cavalaria mesmo com o começo truncado no campeonato conseguiu avançar e se classificar. 

A Black Dragons não conseguiu manter o ciclo de vitórias consecutivas nesse dia, embora tenha ganhado da 9Z com o placar de 7×5. A mesma não conseguiu ganhar da equipe da Fenix, e o resultado foi que os mexicanos ganharam dos brasileiros no detalhe, por 8×6. 

5º dia (24/07)

Dia de quarta de finais, ficou decidido que a Furia iria enfrentar a Black Dragons e a Liquid enfrentaria a Fenix. 

A Furia ganhou da Black Dragons de 2×0, sendo que no primeiro mapa, o qual foi escolhido Chalé, o placar foi de 7×5. Já no segundo, que foi o Café Dostoyevsky, o resultado foi 7×4, A Furia dominou os dois mapas, impôs seu ritmo de jogo agressivo e conseguiu se classificar para o Major, juntando-se a NIP. 

O jogo também foi tranquilo para Liquid, que conseguiu arrancar um 2X0 contra a Fenix, ganhando o mapa Mansão de 7×3 e o Oregon por 7×3. Ainda que deve-se ressaltar o bom desempenho dos mexicanos na Copa Elite Six, a brasilidade se perpassou.

Tal como, o Invitational a final seria brasileira e o campeão também!

6º dia (25/07)

Semifinais Copa Elite Six

Dia repleto de decisões com ares de Brasileirão de R6!

Furia versus a Team One.

O primeiro mapa foi Oregon e quem ganhou foi os golden boys por 7×2, ao contrário do que as pessoas estavam pensando, a vitória não veio de prontidão no segundo mapa. 

Os furiosos voltaram com força total e responderam à altura, ganhando o Café Dostoyevsky de 7×1. O último mapa foi definitivo, o time que levou a melhor foi a T1, com o placar acirrado de 8×6. Com isso, conhecemos o primeiro finalista. 

Ninjas in Pyjamas versus Team Liquid (“NIPID”)

O outro adversário seria decidido através da repetição do confronto da chave A, e a história se repetiu. Como tragédia para a Liquid, os ninjas ganharam da cavalaria de 2×1. 

O primeiro mapa, Oregon quem se deu bem foi a Liquid que ganhou de 8×7, o que abriu precedente para duvidar sobre a vitória imediata da NIP. Entretanto, o segundo mapa Clube foi fechado pelos ninjas por 7×5 e o último, Litoral, foi ganho por 7×3.

Ao longo dos rounds, é possível perceber a dominância dos ninjas, que conseguiram virar o placar e ganhar os rounds. 

Final Copa Elite Six

Após os jogos anteriores, foi a vez dos goldens boys enfrentarem os ninjas, assim como nas semifinais, o grande jogo também foi decidido em três mapas.

O primeiro foi o Café Dostoyevsky, a NIP ganhou de 7×3 da Team One. Depois, foi a vez da virada em Oregon.

A Team One começou perdendo o segundo mapa, entretanto conseguiu consolidar-se e virou o placar, ganhando de 7×5.

O título foi decidido no Litoral e os ninjas conseguiram mostrar garra e retomaram as rédeas do jogo. A NIP ganhou da Team One por 7×3, finalizando com 2×1.

Brasil rumo ao Six Major

Ninjas In Pyjamas é a grande vencedora da Copa Elite Six e garante sua vaga no Mundial de Rainbow Six

É inegável o alto nível dos brasileiros dentro do cenário de Rainbow Six, o crescimento é contínuo e a Copa Elite Six se configura como um espaço para a projeção desses desempenhos e resultados. Foi emocionante nos depararmos com mais uma final brasileira e vislumbrar como é rico o nosso Rainbow Six.

Torcemos para o Six Major ser um campeonato eletrizante, com os brasileiros aprendendo e crescendo, a partir de novas experiências.

Além, é claro, de continuar de olho no cenário feminino de Rainbow Six, que vem se consolidando e crescendo, para que, um dia, sejam nossas meninas no mundial.

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *